Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

Sera que conhecemos mesmo o sentido da palavra amizade, amigos veem e vãão oo tempo todo é parecido com uma rotina, eles são parecidos com anjos as vezes são quem alegra os momentos e os que segura nossa mão quando o momento não é tão alegre assim, eles que nos coloca lá em cima mesmo sabendo de cor nossos defeitos e nos coloca lá em baixo mesmo conhecendo as nossas melhores qualidades eles são um presente sem embrulho que embala nossas manhães , tardes, noites e madrugadas e depoois simplismente se vão... Por um capricho ou por covardia, não fazemos nada para impidir não vamos atras, não tentamos fazer eles ficarem um pouco mais, ACEITAMOS. e aquele vazio que fica e sentimos e que queremos saber tanto o nome se chama " a falta que um bom amigo faz".

 

 

 

Obs:   Bons amigos são dificeis de encontrar e eu encontrei milhares.

SENHOR RODRIGO você é um BOM AMIGO!

 

 

sinto-me:
música: E que tu mude de paixão todos os meses.
publicado por Pequenos Momentos às 01:09
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

O tempo pára, não sei porquê
Quando estou perto de você
Um sentimento que me faz bem

Ao seu lado não preciso de ninguém
Quando eu te chamo, você responde

E eu me perco se você se esconde
Se tenho forças, são todas suas
Eu sem você sou como um céu sem lua

Mas é tão bom o que estou sentindo
Tudo é tão bom, te vendo sorrindo
Preciso de você, te fazer feliz me faz viver

Sigo vivendo você
Vivo pra poder te ter
Meu ar, tô precisando respirar
Mas sem você não consigo

Vivo pensando em você, é impossível te esquecer
Meu bem, eu sem você não sou ninguém
Te quero pra sempre comigo

 

Para sempre talvez ainda seija muito pouco!!

 

Saudades daquelels momentos!

publicado por Pequenos Momentos às 06:56
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Agosto de 2009

publicado por Pequenos Momentos às 04:10
link do post | comentar | favorito

Se você acredita que algo possa ser real fixe seus pensamentos nisso, pense pelo lado bom das coisas por piores que elas sejam!Tudo tem seu lado bom e nada é por acaso.

publicado por Pequenos Momentos às 04:09
link do post | comentar | favorito

tem gente que ama e vive brigando, mas depois que briga acaba voltando. tem gente que canta porque está amando e quem não tem amor leva a vida esperando. uns amam pra frente e nunca se esquecem, mas são tão pouquinhos que nem aparecem, tem uns que são fracos e dão pra beber.. outros fazem música e adoram sofrer. tem apaixonado que faz serenata, tem amor de raça, amor vira-lata, amor com champagne, amor com cachaça, amor nos iates ou nos bancos de praças, tem homem que briga pela amada, tem mulher maluca que atura porrada, tem quem ama tanto e até enlouquece, tem quem dê valor por quem não merece. amores a vista, amores a prazo, amor ciumento que só cria caso, tem gente que jura que não volta mais, mas jura sabendo que não é capaz, tem gente que escreve até poesia e rima saudade com hipocrisia, tem assunto pra caramba pra falar, mais não interessa o negócio é amar!.

publicado por Pequenos Momentos às 04:04
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

 

Nossa quanto tempo não passo

por aquir!

 

 

Nossa minha amiga sinto tanta a tua falta...

não estou conseguindo fica um dia se quer sem pensar em vc como vc esta!!

 

Sinto sua falta não tenho como evitar!!

gosto muito de vocÊ

 

Te quero muito bem!!

 

volta logo para minha vida vem fazer meus dias mas felizes!!

 

Onde você estiver não se esqueça desse seu amigo aqui!!

 

jamais vou desistir da sua amizade!!

 

Volta logo dona Paula aguiar!!

Esta fazendo falta!!

 

publicado por Pequenos Momentos às 23:48
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

 

Acredito que tudo tem que ser como deve ser, só que nos acomodamos. amanhã eu faço ,depois eu faço, daqui uns dias eu faço. só vivemos uma vez e uma hora o nosso tempo acaba. e o que fizemos?

publicado por Pequenos Momentos às 03:33
link do post | comentar | favorito

Sábado, 25 de Julho de 2009


Você viveu um grande amor que terminou meses atrás. Está só. Nada nesta mão, nada na outra. A sexta-feira vai terminando e, enquanto seus colegas de trabalho aquecem as turbinas para o fim-de-semana, você procura no jornal algum filme que ainda não tenha visto na tevê. Ao descobrir que vai passar Kramer vs. Kramer de novo, não resiste e cai em tentação: liga para a ex.

Tentar outra vez o mesmo amor. Quem já não caiu nesta armadilha? Se ela também estiver sozinha, é sopa no mel. Os dois já se conhecem de trás para frente. Não precisam perguntar o signo: podem pular esta parte e ir direto ao que interessa. Sabem o prato preferido de cada um, se gostam de mar ou de montanha, enfim, está tudo como era antes, é só prorrogar a vigência do contrato. Tanto um como o outro sabem de cor o seu papel.

Porém, apesar de toda boa intenção, nenhum dos dois consegue disfarçar o cheirinho de comida requentada que fica no ar. O motivo que levou à separação continua por ali, escondido atrás do sofá, e qualquer hora aparece para um drinque. O fim de um romance quase nunca tem a ver com os rompimentos de novela, onde a mocinha abre mão do amado porque alguém a está chantageando ou porque descobriu que ele é, na verdade, seu irmão gêmeo. No último capítulo tudo se esclarece e a paixão segue sem cicatrizes. Já rompimentos causados por incompatibilidades reais não são assim tão fáceis de serem contornados.

Toda reconciliação é precedida por uma etapa onde o casal, cada um no seu canto, faz idealizações. As frases que não foram ditas começam a ser decoradas. As mancadas não serão repetidas. As discussões serão evitadas. Na nossa cabeça, tudo vai dar certo: o roteiro do romance foi reescrito e os defeitos foram retirados do script, ficando só as partes boas. Mas na hora de encenar, cadê o diretor? À sós no palco, constatamos que somos os mesmos de antigamente, em plena recaída.

Se alguém termina um namoro ou casamento, passa um tempo sozinho e depois resolve voltar só por falta de opção, está procurando sarna para se coçar. Até existe a possibilidade de dar certo, mas a sensação é parecida com a de rever um filme. Numa segunda apreciação, pode-se descobrir coisas que não haviam sido notadas na primeira vez, já que não há tanta ansiedade. Mas também não há impactos, surpresas, revelações. Ficamos preparados tanto para as alegrias como para os sustos e, cá entre entre nós, isso não mantém o brilho do olho.

Se já não há mais esperança para o relacionamento e tendo doído tanto a primeira separação, não há por que batalhar por uma sobrevida deste amor, correndo o risco de ganhar de brinde uma sobrevida para a dor também. É melhor aproveitar esta solidão indesejada para namorar um pouco a si mesmo e ir se preparando para o amor que vem. Evite a marcha a ré. Engate uma primeira nesse coração.

 

E siga em frente passado é passado e só museu que gosta!!

 

Rodrigo

 

publicado por Pequenos Momentos às 00:39
link do post | comentar | favorito

Amor não é se envolver com a pessoa perfeita,
aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.

 

Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que o AMOR existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim... e que valeu a pena!

 

O amor é a poesia dos sentidos. Ou é sublime, ou não existe. Quando existe, existe para sempre e vai crescendo dia a dia.

 

 

Desse tal amor nada sei!!

 

publicado por Pequenos Momentos às 00:09
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 22 de Julho de 2009

 

Vai se entregar pra mim.
Como a primeira vez,
Vai delirar de amor, sentir o meu calor
Vai me pertencer...
Sou passaro de fogo, que canta ao teu ouvido.
Vou ganhar esse jogo, te amando feito um louco.
Quero teu amor bandido
Minha alma viajante.
Coração independente.
Por você corre perigo.
Tô a fim dos teus segredos.
De tirar o teu sossego.
Ser bem mais que um amigo..
Não diga que não
Não negue a você.
Um novo amor, uma nova paixão.
Diz pra mim...
Tão longe do chão
Serei os teus pés.
Nas asas do sonho, rumo ao teu coração.
Permita sentir, se entrega pra mim.
Cavalga em meu corpo.
Ô minha eterna paixão.
Vai se entregar pra mim...

publicado por Pequenos Momentos às 00:10
link do post | comentar | favorito

as minhas fotos
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


últ. comentários
muito lindo,e o maximo,amei,
Muito lindo tudo , parabéns por ter tanta sabedori...
Olá!Adorei o teu blog, está muito criativo!=)Passa...
Olá!Adorei o teu blog, está muito criativo!=)Passa...
Olá, gostei muito do teu blog e por isso, decidi a...
São palavras como a sua que tornam ainda maior o m...
Concordo plenamente..rsrsr
Eita vc táh apaixonado rapaz...shaushuahsuahEstá p...
Se a vida pudesse de vez em quando transformar a m...
Ela é só um pokinho chata !!Mas o amor que existe ...
arquivos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

pesquisar
 
subscrever feeds